Economia

26/10/2020 às 10h13

Saiba como evitar golpes na hora de se cadastrar no PIX ⠀

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 54 VEZES

Golpistas encheram a rede de armadilhas e velhas técnicas de roubo de dados para tentar enganar clientes que desejam se cadastrar no PIX, serviço de pagamentos instantâneos desenvolvido pelo Banco Central.
O cadastramento pelos bancos começou na segunda-feira (5), período em que muitos golpes foram relatados. Segundo um levantamento da empresa de segurança digital Kaspersky, mais de 60 sites falsos estão usando técnicas phishing para roubar informações.
O mecanismo funciona como isca para que o usuário entregue os dados ao golpista. Para isso, os bandidos têm usado, principalmente, softwares maliciosos que roubam informações, promoções falsas e formas de induzir o cliente a registrar dados em um cadastro falso.
Dicas do Banco Central
Desenvolvedor do PIX, o Banco Central aconselhou usuários realize o cadastramento de chaves e qualquer outra operação com o sistema pelas plataformas dos bancos ou financeiras.
As instituições financeiras reforçam que nunca pede senhas ou código de validação de transações fora de seus canais digitais.
Para aqueles golpes que chegam por mensagens, e-mail ou redes sociais, é sugerido nunca clicar em links antes de checar o conteúdo da mensagem. Também é importante ser cauteloso com links encurtados. O principal é jamais fornecer senhas ou tokens fora do aplicativo ou site do banco e também não compartilhar o código de verificação.
As promoções que são muito generosas muitas vezes podem ser golpes. É importante checar se e-mails relativos ao PIX são provenientes do endereço oficial do banco.

Comentários

Veja também

Facebook

Mais lidas do mês